Bloguinho da Zizi

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Conto de Natal - 3

LENDA DA ÁRVORE DE NATAL




Quando o Menino Jesus nasceu, todas as pessoas e animais e até as árvores sentiram uma imensa alegria.
Do lado de fora do estábulo onde o Menino dormia, estavam três árvores: uma palmeira, uma oliveira e um pequeno pinheirinho.
Todos os dias as pessoas passavam e deixavam presentes ao Menino.
- Nós também Lhe deviamos dar prendas! - disseram as árvores.
- Eu vou dar-lhe a minha folha mais larga - disse a palmeira - quando vier o tempo do calor ele pode abanar-se com ela e sentir-se mais fresco.
Então disse a oliveira :
- E eu vou dar-lhe óleo. Perfumados óleos poderão ser feitos a partir do meu sangue.
- Mas que Lhe poderei dar eu? - Perguntou ansioso o pequeno pinheiro.
- Tu? Os teus ramos são agudos e picam - disseram as outras duas árvores.

- Tu não tens nada para Lhe dar !
O pequeno pinheiro estava triste. Pensou muito, muito, em qualquer coisa
que pudesse oferecer ao Menino que dormia, qualquer coisa de que o Menino pudesse gostar. Mas não tinha nada para Lhe dar.
Então um anjo, que tinha ouvido a conversa toda, sentiu pena da arvorezinha que não tinha nada para dar ao Menino.
As estrelas estavam a brilhar no céu. Então o anjo, muito de mansinho, trouxe-as uma a uma cá para baixo, desde a mais pequenina à mais brilhante e colocou-as nos ramos pontiagudos do pinheiro.

Dentro do estábulo, o Menino acordou e olhou para as três árvores do lado de lá da gruta, contra a escuridão do céu. De repente as folhas escuras do pinheiro brilharam, resplandecentes, porque nelas as estrelas descansavam.
Que lindo estava o pequeno pinheiro que não tinha nada a oferecer ao Menino...
E o Menino Jesus levantou as mãozinhas, tal como fazem os bebes, e sorriu para as estrelas e para aquela árvore que Lhe iluminara a escuridão da noite.
E desde então o pinheiro ficou a ser, para todo o sempre, a Árvore de Natal.
(História tradicional inglesa)

12 comentários:

✿ chica disse...

Que conto lindo e tão bem escolhido,Zizi! beijos,linda semana,chica

laurinhando por ai disse...

Zizi

Sempre temos alguma coisa a oferecer!
Hoje te ofereço um bom dia!!!
bjos
Laurinha

Sandra Mitsue disse...

Oi Zizi...
Lindo conto...Sempre temos algo a oferecer com certeza...
Beijos!
San....

Calu disse...

Como as lendas enfeitam o dia da gente, assim era em tempos antigos, assim o é agora. Somos enfeitados por estas histórias encantadoras que dão poético significado à vida.
Doçura e ensinamentos vc trouxe neste conto de natal, Zizi.
Obrigada.
Bjos,
Calu

Kinha disse...

Tão bonitinha essa historinha. Conheço desde criança. Foi bom relembrar, viu? Obrigada!

Denise Portes disse...

Zizi,
Lindo esse conto que você acabou de me oferecer, obrigada.
Um beijo
Denise

Marcoso disse...

Essa lenda agora é realidade

Regina Rozenbaum disse...

Tô adorando essas sessões contos natalinos...não conhecia nenhum. Mas adorei mesmo foi vê-la, linda de viverrr, aí na janela!
Beijuuss, lindona, n.a.

Graça Pereira disse...

Lindissima história que, se me autorizas vou contá-la ás minhas crianças no próximo sábado,na Catequese ( o último deste ano).
Eles vão delirar!
Mil beijos
Graça

Maria José Rezende disse...

Olá amiga Zizi. Não conhecia esse conto, mas é lindo!!! Beijos carinhosos.

Maria José Rezende disse...

Voltei. Adorei a sua foto. Fico lindo e artístico. Parabéns pela criatividade. Beijos.

Kippy Marrie disse...

Olá amiga Zizi... Lembra de mim? Faz tempo que não nos falamos.

Queria te contar que estou participando de um concurso no blog da Kika de entrevista e ficarei muuuuiitooo feliz se puder e quiser votar em mim.

Basta ir ao meu bloguinho, e lá tem minha entrevista e o LINK PARA OO BLOG DA KIKA onde é para votar, aí voce coloca meu nome...
KIPPY MARRIE.
Ficarei muuuitoooo feliz.
Te espero e apareça sempre Zizi.
Fica com o Papai do Céu.
Aus 1000 com amor e carinho da amiguinha doguinha...

KIPPY