Bloguinho da Zizi

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Disquitação na insônia

                                                        http://www.webmechta.com/f/poznay-mir/don-kihot.jpg



Que é loucura :  ser cavaleiro andante
ou segui-lo como escudeiro?
De nós dois, quem o louco verdadeiro?
O que, acordado, sonha doidamente?
O que, mesmo vendado,
vê o real e segue o sonho
de um doido pela bruxa embruxado?
Eis-me, talvez, o único maluco,
e me sabendo tal, sem grão de siso,
sou – que doideira – um louco de juízo.

Carlos Drummond de Andrade



9 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo,Zizi!!Encontras maravilhas e sempre é interessante passar aqui...

Quantos são os que sonham acordados e nem conseguem dormir...

beijos,chica e um lindo dia!!

William Oliveira disse...

Lindo mesmo Zizi!

bjao amiga!

ValeriaC disse...

Que construção poética mais linda...
é de fascinar...
Bom final de semana amiga, beijinhos
Valéria

Regina Rozenbaum disse...

Esse senhor num era fraco nauumm. Lindo essa disquitação na insônia!
Beijuuss irmiga n.a.

Sonica disse...

Drumond é Drumond e ponto final!
Adorei, Zizi!
Bjs,

Jeanne Geyer disse...

Grande poeta! É sempre bom ler os mestres...
Beijos

Angela Fonseca disse...

Esse mineirim... Bom demais! Como lidava lindamente com as palavras o Drummond. Invejo-o (inveja 'da boa', sadia). Já pensou se toda insônia produzisse belas reflexões como essa? Mundo bem mais poético. Beijos, Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Calu disse...

A loucura com juízo é natural dos poetas, cantadores, autores e sensitivos, que errantes em suas bravatas,acreditam sempre no triunfar.
Drumond, cavaleiro da palavra-poética.
Linda escolha, Zizi.
Bjkas,
Calu

Evanir disse...

Linda postagem amiga!!
Estou passando para desejar um feliz Domingo beijos no coração.
Evanir,,