Bloguinho da Zizi

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Solidão




Achei este texto do Amyr Klink e senti que ele descreveu meu sentimento.


Passados dois meses de tantas histórias, comecei a pensar no sentido da solidão. Um estado interior que não depende da distância...nem do isolamento; um vazio que invade as pessoas... E que a simples companhia ou presença humana não pode preencher. Solidão foi a única coisa que eu não senti, depois que parti...nunca...em momento algum. Estava, sim, atacado de uma voraz saudade. De tudo e de todos, de coisas e de pessoas que há muito tempo não via. Mas a saudade às vezes faz bem ao coração. Valoriza os sentimentos, acende as esperanças e apaga as distâncias. Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudade...mas não estará só!

8 comentários:

✿ chica disse...

Emocionante e lindo!!!Fiquei chorando aqui...Tô uma manteiga...beijos,lindíssima imagem também! Lindo fds,chica

Denise disse...

É verdade, Zizi, a solidão é estado de espírito, estar em solitude é outra coisa - e sentir saudade não é ruim, ao contrário, aproxima, reanima as lembranças boas.

Eu estava com saudade de vc, que bom te ver aqui!!
Bjo, irmiga!

Angela Fonseca disse...

Concordo. Sou fã do Amir Klink e acho que suas experiências - que ele tem a generosidade de compartilhar - nos ensinam muito. Só uma pessoa com muita riqueza interior parte para longos períodos de céu e mar e isolamento. E isso é bom, fortalece o espírito. Beijinhos, Angela

Calu disse...

Zizi,
tbém acompanhei as aventuras deste navegador narradas em seu livro Mar sem fim, e me toquei com passagens como esta que vc tão gentilmente partilhou.
Saudade e Solidão começam pela mesma letra "s", mas não significam necessariamente a mesma coisa. Definir os sentimentos traz clareza á vida.
Linda imagem, ótima mensagem!
Bjos,
Calu

Denise Portes disse...

Zizi,
Muito lindo esse texto, tantas mudanças internas acontecem comigo nesse momento. Fácil não é, mas sinto que algo valioso anda tocando o meu coração. Esse texto me foi útil nesse momento, pois é exatamente isso, não me sinto sozinha.
Um beijo
Denise

William Garibaldi disse...

Deu saudade e eu vim te ver!
Bjs pra um Bom OTMO final de semana!!!
:)))

William

Regina Rozenbaum disse...

Zi amaaada!
Tava eu por aqui sentindo uma sôdade, doce, docê...mas fiquei aguardando o seu reaparecer...respeitando esse momento que imaginava, sentia, que tinha de ser assim. É sagrado!
Beijuuss,queridona, n.a.

Maria Izabel Viégas disse...

Alzirinha,

como somos seres complexos! Somos infinitamente laureados de amor, temos quem ao nosso lado noa diga: te amo...mas há lá no fundo uma nuvem que teima em ofuscar o sol.
penso que as pessoas sensíveis , na medida que amadurecem, que se aventuram na vida... sabem que são estados d'alma.
Mas basta um vento mais forte lá vamos nós ter que buscar aquela força stranha, que eu chama Deus!
Que nos guia.
Que nos mostra a rota
Que diz lá no fundo que nunca stamos sós que tudo que acontece neste Universo Deus sabe. E que fazemos parte deste milagre... ter fé, saber que depois das tempestades sempre vem a bonança. E que se Ele veste os jardins ds mais belas flores... o que não fará por nós e por aqueles que amamos.
Um beijo , minha doce amada!