Bloguinho da Zizi

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Sem receita



Quem pode saber
Como se tempera um coração ....
.... Escolhe-se as ervas, espalha-se o sal
Acende-se o fogo, marca-se o tempo
E por fim de recheio
A inocente maçã
Que tão doce, úmida e eleita
Nos tirou do paraíso
E nos fez assim sem receita

Alice Ruiz/José Miguel Wisnik

10 comentários:

✿ chica disse...

Maravilha é o que posso te dizer! Lindo demais! beijos,obrigadão pelas tuas escolhas sempre lindas! chica

Jota Sena disse...

Bom dia Zizi!

Visitando o blog da Chica, encontrei este seu... E resolvi dar uma passada por aqui.

Gostei do que por aqui encontrei...Voltarei mais vezes.

Abraços.

MARIA JOSE Rezende disse...

Olá amiga Zizi. Temperar um coração nem sempre é fácil.
Lindo poema. Adorei. Beijos.

Sonica disse...

Que lindo poema, Zizi, nota 10!bjs,

MARIA JOSE Rezende disse...

Tem uma brincadeirinha para você no Arca. Beijos.

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Como se tempera eu também não sei.
Mas acredito que nunca, nunca em hipotese alguma.
Coloque limão.
O limão endurece o coração.
E um coração duro, deixa a vida muito mais difícil.
Não é mesmo Zizi?
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

Regina Rozenbaum disse...

Não tem mesmo né amada? Por mais que insistam em dar receitas o amor é prato único feito diariamente a quatro mãos.
Beijuuss Zi

Jorge disse...

Temos a receita de volta, exteriorizando a maça que interiorizamos ao comê-la. Sejamos a maça.

Graça Pereira disse...

Sem receita e com uma variação que encanta...eu acho!
Mil beijos.
Graça

Manuel disse...

Que bela receita!
Não é fácil mas vale a pena tentar.