Bloguinho da Zizi

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Dia de faxina




Hoje é sexta feira e como em toda sexta feira, fico na expectativa da Alzirete chegar.
Pra quem não conhece, Alzirete é minha fiel escudeira, me ajuda com a limpeza da casa, essas coisas mais pesadas que eu sozinha não consigo (coisas da idade).
Digo que fico na expectativa pois tem dias que ela também tá o pó e não tem lá muita força pra me ajudar.
Fazer o que né? Eu entendo pois passo pelo mesmo.
A Alzirete é assim como uma amiga, irmã, camarada, às vezes funciona como terapeuta.
Hoje a Alzirete veio disposta e com o ouvido preparado.
Conversamos muito.
Conto pra ela situações que vivo no consultório,...claro que omito os nomes, pois ética é ética, há que se respeitar.
Conversamos horas a fio, tentando entender o por que das pessoas se sentirem tão magoadas, desiludidas, com a vida, com outras pessoas, com a família.
Digo a ela que gostaria de ter um remedinho que fizesse desaparecer tudo isso, mas ela diz que o remedinho eu já estou dando, pois os florais vão fundo nessas questões.
E toca fundo também em mim quando diz que cada um tem que fazer a sua parte, tentar ver a vida e as pessoas sob outra expectativa, ... e rapidinho corrige, .....expectativa não, pois gera frustração ... o melhor é prisma, ver a vida sob outro prisma. Parar de exigir tanto da vida, das pessoas e de si próprio para que tudo flua mais leve e consequentemente a visão se expanda.


Fico pensando, quando as pessoas vão deixar tudo isso de lado?
Fazer por amor e não esperar retorno. Simplesmente por amor.
Fazer porque o coração está pedindo.
Sentir a alegria de realizar algo, assim....sem a dita da expectativa.
Haja frustrações!


Alzirete me vê assim pensativa e diz, ...vamos lá dona Zizi, tem muito o que fazer hoje.
A senhora não vai resolver os problemas do mundo, só vai dar uma ajudinha, então vamos que eu preciso dela também. Não aguento fazer tudo sozinha.


E eu, que não sou boba de me desentender com ela, lá vou, continuar a faxina.



11 comentários:

♫*Isa Mar disse...

Bom dia Zizi, que bom ter uma Alzirete na vida, e pelo jeito ela é muito consciente das coisas.
Olhar sobre outro prisma é ótimo, as expectativas deixamos de lado pois elas só nos desiludem, eu aprendi isso mas as vezes ainda caio nelas.
Os florais são maravilhosos mesmo, ainda assim cada um tem que ir aprendendo a fazer sua parte e eita exercício difícil esse né amiga?
Bom fim de semana pra ti, beijos

Emília, disse...

Bom dia D. Alzirete!!!
Adoro essa sua vassourinha.
Pois é amiga,eu adoro parar para lhe ouvir,pois tem sempre uma palavra na hora certa e para mim aqui no mundo virtual é sempre um ponto de referência.
Falando em floral,minha cachorrinha
teve que fazer uma cirurgia para retirar um tumor e todas as tetas para que não desse metástase e está tomando floral.
Hoje o sol chegou brilhando(com cara de verão) e nos convida a dar uma volta...
Amei a postagem e obrigada sempre pela ternura.Faxina, tenho horror..
Um abraçlão
Emilinha

Angela Fonseca disse...

Faxina da casa é uma coisa; faxina de almas é outra. Alzirete está mais do que certa. Você faz muito pelos outros e gostaria que todo mundo fosse assim. E está certíssima: quando tiramos o foco do próprio umbigo, a vida ganha outro encanto e viver passa a valer a pena. Um dia, quem sabe, os sonolentos acordarão. E tome floral! Beijinhos, Zizi. Bom fds para você. Fique com Deus. Angela

Sandra Portugal disse...

Amanhã o ProjetandoPessoas comemora 11 meses de existência! E de amanhã até 24/08, quando o Blog completa 1 ano de vida, preparei uma sequência de surpresas para o Blog, homenageando grandes amigos de jornada! Espero que você aprecie a minha forma de celebrar essa conquista e me passe seu feedback sincero a medida que meu plano de 30 dias de festa avance! Serão dias diferentes de postagens até aqui! Mas tenha certeza de que está sendo preparado com muito carinho para todos! Aguardo seus comentários, críticas construtivas ou sugestões, ok?
Com muita admiração e respeito por cada um de voces! bjs e abraços Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//
@ProjetaPessoas
Projetandopessoas@hotmail.com

Graça Pereira disse...

Querida Zizi
Pois dia de faxina não é só limpar o pó...Há outro pó que é preciso limpar e rapidinho, como diz a Alzirete... é o pó da caixinha pensante que chega a ganhar teias de aranha que chegam ao coração...imagine-se só!!!
Mas essa limpeza tu já fazes e bem... se não mudas o mundo, mudas muita gente que te procura!!
Mas é preciso que as pessoas queiram mesmo mudar porque, ás vezes, estão de cal e cimento de tal ordem que nem uma betoneira conseguiria fazer trabalho!
Admiro-te muito pela dedicação aos outros.
Beijos e um feliz semana.
Graça

Jorge disse...

Nós não fazemos as coisas por amor porque não nos amamos ainda. Nos cobramos, nos exigimos e assim refletimos nas nossas atitudes.
Não, não é fácil mudarmos. Despertar consciência é o primeiro passo e devemos chegar até a consciência ser parte integrante da nossa vida. isso é como se tornar reflexo condicionado e daí ao incondicionado....Haja caminho, mas chegaremos lá, um dia. Mais ou menos tempo dependerá de cada um de nós, não é mesmo?

Coração, um beijo de luz!!!!
Uma excelente semana!!!

Lena disse...

É Zizi, as Alziretes das nossas vidas são dotadas de grande sabedoria, além de nos ajudar nos trabalhos pesados da casa, nos dão excelentes conselhos, mesmo com um estilo de vida mais simples. Tenho a minha Alzirete, aqui em casa, que se chama Edinha, e que também está comigo há um bom tempo. E, olha, aprendo muito com ela. E nos indignamos juntas quando o assunto é gratidão, entregar sem cobrar, a necessidade de mais doação e amor no mundo. Com certeza, eu aprendo muito com ela pq vejo a capacidade dela viver sem expectativas, onde tudo o que vier é lucro e não há aquele medo de dar “duro” na vida. Elas se entregam, de corpo e alma e sem queixas. Bons exemplos!!!

Chá das Cinco disse...

Olá minha querida!
Senti saudades então vim até aqui te deixar beijos, e claro, um especial para Azirete.

O que seria de nós sem as nossas ajudantes maravilhosas?
São como anjos a nos auxiliar.

Gemária Sampaio

ValériaC disse...

Com toda certeza a Alzirete sabe o que diz.
A melhor coisa que podemos fazer por nós mesmos e também pelos outros é não criar expectativas e exercer a aceitação...quando a gente entender que cada um é como é, que está no seu tempo, na sua própria maturidade e não as forçamos ser como nós imaginamos de deveria, é libertador.
E aí então, cada um vai fazendo sua parte, tentando fazer o seu melhor e tudo caminha.
Claro que podemos ajudar os outros, mas eles tem que querer para que algo efetivamente se promova e sempre com muito respeito.
Assim como você, sonho em ver cada dia mais pessoas amando de forma incondicional.
Boa semana querida Zizi...beijos
Valéria

blog da Paraguassu disse...

Olá Zizi,
Linda, adorei seu blog. Você é um bocado sincera e tem muita expectativa naquilo que vc faz. É um bonito trabalho este da terapia alternativa. Conheço um pouco disto e aprecio muito. Já estou te seguindo e voltarei mais vezes aqui.
Se quiseres retribuir, visite o meu cantinho e, se gostar, siga-me e deixe um comentário em minha postagem, ok? Ficarei muito feliz em vê-la por lá.
Uma ótima semana e um grande beijo,
Maria Paraguassu.

Regina Rozenbaum disse...

Nem vou dizer nadica de nada...da faxina da alma D.Zizi é maestrina! Do lerê ando assim...cansadinha messs.
Beijuuss, amaaada, n.a.